Weather United States of America, Seattle United States of America, Seattle 0°C

Jornal Expresso Regional Online

Atraso na entrega do empreendimento Brisa do Vale em Macaé causa revolta

Atraso na entrega do empreendimento Brisa do Vale em Macaé causa revolta

Atraso na entrega do empreendimento Brisa do Vale em Macaé causa revolta
September 02
10:49 2014

Parece que o sonho da casa própria se tornou num verdadeiro pesadelo para os quase 950 compradores do Condomínio Brisa do Vale, da construtora João Fortes Engenharia. O empreendimento faz parte do programa “Minha Casa Minha Vida”, do Governo Federal, mas ao invés de proporcionar felicidade, está causando revolta e insatisfação nos clientes.
O lançamento do empreendimento foi em final de 2009 e a promessa de entrega das chaves era para junho de 2012, mas até agora nenhum comprador recebeu suas chaves, vistoriou seu apartamento ou se quer recebeu alguma informação convincente. O fato é que os problemas vão muito além do atraso. Os compradores alegam altos custos com aluguel, muitos já se tornaram até inadimplentes por não darem conta das altas despesas, sem contar no jogo de “empurra empurra” entre a construtora e a Prefeitura de Macaé.

De acordo com Antônio Medeiros, comprador e organizador de grupos que buscam solução (tanto nos meios de comunicação locais, quanto em mídias sociais), quase tudo já foi feito para que os compradores obtenham uma solução, mas até agora, quase ao final de 2014, nada foi feito. “A falta de informação por parte da João Fortes é o que mais revolta, parece que estamos pedindo favor, quando na verdade queremos o que é nosso por direito. Depois de muito reclamarmos, a construtora convocou os compradores da primeira fase para assinatura do contrato, vistoria do imóvel e entrega das chaves, mas o condomínio continua sem iluminação pública, sem água, sem muro, sem nada do que foi oferecido. Ou seja, um total absurdo”, salientou em tom de revolta.

Até agora ninguém definiu de quem é a responsabilidade quanto à luz e o abastecimento da água, e enquanto isso, os compradores vão se afundando em alugueis caríssimos, quando poderiam estar usufruindo do conforto de seus lares.
O empreendimento que está localizado na Estrada do Imburo em Macaé, já tem inclusive o habite-se, para que os compradores passem a residir no local, mas os problemas de infraestrutura não permitem tal ação. “A construtora está entregando um projeto inacabado. Como alguém pode viver num lugar sem luz, sem água e sem segurança? Hoje existem mais de 70 processos correndo no Fórum de Macaé e ainda é pouco perto da falta de respeito com nós consumidores”, contou Antonio, frisando ainda, que denúncias foram feitas junto à CPI dos Construtores, encabeçada pelo deputado Gilberto Palmares.
Foi realizada a fiscalização e foram constatadas as irregularidades juntamente com os atrasos, um relatório foi desenvolvido e já está sob poder do Ministério Público.
Renatta Viana

Share

Related Articles

0 Comments

No Comments Yet!

There are no comments at the moment, do you want to add one?

Write a comment

Write a Comment

Your email address will not be published.
Required fields are marked *

Publicidade

Publicidade

CURTA NO FACEBOOK

'