Weather United States of America, Seattle United States of America, Seattle +1°C

Jornal Expresso Regional Online

Casimiro de Abreu realiza Encontro para o Desenvolvimento do Agroturismo Ecológico

Casimiro de Abreu realiza Encontro para o Desenvolvimento do Agroturismo Ecológico

Casimiro de Abreu realiza Encontro para o Desenvolvimento do Agroturismo Ecológico
February 25
12:40 2014

Dezenas de agricultores participaram com entusiasmo do Encontro para o Desenvolvimento do Agroturismo Ecológico, realizado na última terça-feira, dia 18. O evento teve com objetivo sensibilizar os pequenos produtores sobre o sucesso do projeto internacional denominado 'Acolhida na Colônia', que já acontece em mais de 25 municípios de Santa Catarina, e que a administração municipal pretende implantar em Casimiro de Abreu.

Ao dar boas-vindas ao grupo de produtores no Sítio Agrícola, o prefeito Antônio Marcos agradeceu o esforço de todos pela presença e falou sobre a importância que o projeto teve na melhoria da qualidade de vida dos agricultores do Sul com a introdução do turismo como fonte geradora de renda complementar para as famílias.

“A realização deste projeto não terá fim com o término desta gestão. Vamos dar todas as condições necessárias para que os pequenos agricultores, num futuro próximo, não dependam mais do poder público. Tenho certeza do sucesso desse projeto rural em Casimiro de Abreu, pois temos uma agricultura forte e um município com belas riquezas naturais”, disse Antônio Marcos.

Durante o evento, a engenheira agrônoma e técnica da Associação Acolhida na Colônia, Luciene Assing, falou sobre a criação do projeto, que nasceu na França e foi abraçado pelos produtores de Santa Catarina em 1999, e de sua consolidação no cenário do agroturismo da região. Ela destacou que um dos grandes trunfos dos agricultores é a Declaração de Aptidão Pronaf (DAP), um programa de crédito destinado à agricultura familiar.

EXPERIÊNCIAS POSITIVAS – Durante o encontro, duas agricultoras associadas ao projeto desenvolvido no Sul relataram suas experiências vividas no “Acolhida na Colônia”. Elas fizeram um comparativo do estágio em que se encontram hoje e como estavam há 15 anos. Solange Golini Souza, 47 anos, tem cinco hectares de terra em uma cidade de seis mil habitantes. Ela conta que hoje sua produção é 100% orgânica depois de ser refém do plantio de fumo por décadas. Segundo Solange, ela não hospeda visitantes em sua propriedade, mas recebe grupos de estudantes para o turismo pedagógico. “Cobro um valor por cada um que vem conhecer o meu trabalho. Apenas no final do ano passado recebi 450 universitários de todos os estados do Sul”, revela a agricultora, convicta do seu sucesso. “Hoje tenho orgulho de dizer que sou agricultora”, completou ela.

Já a apicultora Leonilda Boeing Balmann, diz que o crescimento de seu negócio está acontecendo aos poucos. Dida, como gosta de ser chamada, contou ter saído do interior para morar numa cidade de dois mil habitantes, sem nenhuma oferta de emprego aos moradores. Casada com um professor, ganhando pouco, decidiram voltar para a roça, onde conseguiram melhorar as condições financeiras da família. “Construímos uma casa para passarmos os finais de semana e começamos a receber os turistas lá mesmo. Agora temos até chalés na beira do lago”, orgulha-se ela, mostrando a foto durante a apresentação.

Ao final do evento, o secretário de Turismo e Eventos, Oscar Pires Junior, convidou os agricultores presentes a preencher a Declaração de Interesse para a participação no Projeto, que será implantado no município com o apoio da prefeitura. “Superamos nossas expectativas com o número de produtores que querem aderir ao projeto. Outros estão levando o documento para seus sítios no intuito de conversar com aqueles que não puderam participar do encontro de hoje por conta da chuva”, avaliou o secretário.

Depois do encontro os agricultores locais puderam trocar experiências e expectativas sobre o projeto com os produtores de Santa Catarina e do Ministério do Desenvolvimento Agrário, acompanhado de um saboroso café da roça, com muito aipim, inhame e banana cozida.

VISITAS TÉCNICAS - A equipe da Associação Acolhida na Colônia e do Ministério do Desenvolvimento Agrário realizou visitas técnicas em diversas localidades do município, entre os dias 19 e 20, para verificar as características das propriedades locais. “As belezas naturais daqui são incríveis e as pessoas são muito acolhedoras, como preconiza o nosso projeto”, contou Solange Souza.

As visitas técnicas passaram por Cachoeiras de Macaé, São Romão, Quilombo, Ribeirão, Visconde e Vila Verde, além do Armazém das Artes, onde, acompanhados pelo prefeito Antonio Marcos, conheceram o artesanato local e as obras do Mercado do Produtor.

O projeto de implementação do Agroturismo Ecológico com base na experiência de sucesso da Acolhida na Colônia está sendo operacionalizado pelas secretarias de Turismo e Eventos, de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e de Agricultura e Pesca. “Formamos uma equipe multidisciplinar com três servidores que conheceu o projeto e recebeu qualificação para apoiar os agricultores na implantação do agroturismo ecológico”, disse Oscar Pires Júnior.

Na opinião do secretário de Meio Ambiente, Maurício Porto, o trabalho realizado pelo Município após o retorno de Santa Catarina já está dando frutos. “Conseguimos realizar o encontro com uma participação e um grande número de adesões”, comemorou.

De acordo com a equipe mobilizada pela administração municipal, as Declarações de Interesse serão catalogadas e os produtores iniciarão o processo de diagnóstico participativo após uma visita dos agricultores locais ao projeto Acolhida na Colônia nos próximos meses.

Share

Related Articles

0 Comments

No Comments Yet!

There are no comments at the moment, do you want to add one?

Write a comment

Write a Comment

Your email address will not be published.
Required fields are marked *

Publicidade

Publicidade

CURTA NO FACEBOOK

'