Weather United States of America, Seattle United States of America, Seattle +1°C

Jornal Expresso Regional Online

Coluna do Balthazar – 24 a 30 de novembro de 2013

Coluna do Balthazar – 24 a 30 de novembro de 2013

Coluna do Balthazar – 24 a 30 de novembro de 2013
November 26
10:41 2013

Arnaquinópolis 3 - A sucessão Capítulo CCIX (209)

 

Em nosso último e imensurável capítulo talvez (quem sabe?) tenha lido que a arena pública para discutir o projeto Vamos Levar Logo este Trem (VLLT) tinha decepcionado os fiéis excomungados da Igreja da Divina Ação Salvadora (DAS), que esperavam que houvesse um fight entre o ex-príncipe Filomeno, o Boneco de Olinda e o atual príncipe Dr. Bonitinho, o calças quadradas. No entanto, em vez de trocarem socos, ambos trocaram elogios, se abraçaram e choraram muito. Leu também que após uma suruba festa realizada no Parlamento, uma cueca cheia de dinheiro havia sido encontrada debaixo de um banco, causando um grande alvoroço, afinal era um grande mistério. Leu ainda que... Quer saber? Vamos logo ao próximo episódio.

O mistério da cueca estava martelando a cabeça do povo anarquinopolitano, porém, após 789 versões oficiais do Parlamento para a cueca perdida (de duendes a extraterrestres) terem sido inventadas, finalmente uma das explicações “colou”. Na verdade, segundo nossos honestos e dignos parlamentares, a cueca pertencia ao famoso artista da indústria erótica “Qi de Bengala”. Afinal, somente um homem daquele porte poderia ter uma cueca daquele tamanho, e havia 52 centímetros de razões para o povo acreditar nesta versão.
No entanto, a questão da cueca eram águas passadas, afinal todos estavam mesmo de olho no que acontecia fora de Anarquinópolis. Primeiro na sede nacional, quando “DizCeu e seus 40 ladrões companheiros” foram para a cadeia por ordem da justiça. Logo, pelo JeegueBook — rede antissocial onde plebeus e nobres trocavam ofensas entre si via lombo de burros, jegues e animais do tipo — as discussões se acaloravam. Uns diziam que “DizCeu e seus 40 ladrões companheiros” eram culpados, outros que eles eram inocentes. Ainda haviam aqueles que não acreditavam no rebaixamento do Vice da Gama.
Outro acontecimento que chamou a atenção foi a morte subida da princesa “Fede” do principado vizinho de Convenção dos Macarrões, também conhecido como aldeia dos Mota-coqueirenses. Acontece, que após esvaziar os cofres locais Fede, que aliás era do mesmo partido de “DizCeu e seus 40 ladrões companheiros” acabou sendo guilhotinada. No entanto, não satisfeitos com a morte da princesa, seu grupo de curandeiros começaram uma interminável sessão de vodu para tentar ressuscitar a princesa e, logicamente seus empregos.
Logo, a cidade tornou-se um cenário da série The Walking Dead, com pessoas de um lado armadas contra um apocalipse zumbi e, de outro, um exército de zumbis comedores de cérebro. No entanto, após 24 horas ininterruptas de vodu e dança do carimbó, eis que a princesa, milagrosamente ressurgiu à meia-noite numa encruzinhada, com uma garrafa de cachaça debaixo de um braço e uma galinha preta debaixo do outro.

Inversão de valores

É no mínimo cômico que os simpatizantes da prefeita Lídia Mercedes (PT), cassada esta semana em Macabu estejam em polvorosa por conta de uma liminar suspendendo a decisão do TRE que a condenou por flagrantes crimes eleitorais. Retrato de um Brasil em que os crimes são relativizados em prol de um interesse pessoal, partidário ou financeiro...

Está chegando a hora...

De ser multado. O Estacionamento Rotativo de Macaé começa a valer a partir do dia primeiro de dezembro. E, considerando a eficiência dos agentes da Mactran em aplicar multa é melhor ficar atento ao uso da maquininha. Outra coisa que merece atenção é que ninguém pode ficar por mais de duas horas em uma única vaga. Portanto, quem for ao banco, ao INSS ou ao médico, terá que ir a pé, ou no confortável “buzão” da SIT. 

O limite da incoerência

Com todos os questionamentos e paixões que o julgamento do Mensalão possam ter gerado, algo me incomoda muito: o fanatismo de alguns petistas (e simpatizantes) que chegam ao absurdo de acreditar ou defender a tese que os mensaleiros são inocentes. Ora, uma coisa é admitir que Dirceu e companhia tiveram uma contribuição histórica  incomparável para a conquista do que hoje chamamos de democracia. No entanto, passado glorioso nenhum justifica ou jamais justificará crimes no presente. Outro absurdo é achar que os mensaleiros petistas não deveriam ser julgados porque o “Mensalão Tucano” nunca veio à tona. Ora, um crime não justifica outro. O fato do mensalão do PSDB ter existido não faz o mensalão do PT ser menos graves. 

Merece meus elogios

Poucas vezes vim aqui elogiar a postura de um vereador macaense. Mas confesso que alguns posicionamentos de Marcel Silvano (PT) tem me surpreendido positivamente. Sobre o mensalão, ele declarou no Facebook. “Que os condenados sejam expulsos do PT”. Simples assim. Algumas maças podres não podem manchar a imagem de um partido tão importante quanto o PT. 

Share

Related Articles

0 Comments

No Comments Yet!

There are no comments at the moment, do you want to add one?

Write a comment

Write a Comment

Your email address will not be published.
Required fields are marked *

Publicidade

Publicidade

CURTA NO FACEBOOK

'