Weather United States of America, Seattle United States of America, Seattle +1°C

Jornal Expresso Regional Online

Coluna “Estamos de Olho” – de 27/10 a 02/11

Coluna “Estamos de Olho” – de 27/10 a 02/11

October 29
13:17 2013

zsws

 

Uma novela com o final nada feliz

No ano passado, o humorista Marcello Marrom  protagonizou um vídeo que fez o maior sucesso no Youtube. Nele, Marcelo tentava “ajudava” um amigo que, devido a uma decepção decidiu que iria se matar. E o amigo queria se matar deitando na linha de trem para que o VLT passasse por cima de sua cabeça. Marcelo no entanto, oferecia outras  “opções “ mais viáveis para o suicídio, como uma arma, remédios e até uma faca. “Véio, isso nunca vai andar”, dizia ele no vídeo, às gargalhadas. Pois bem, embora seja Marcelo um grande humorista, esta piada não teve a menor graça. De certa forma, todo mundo já sabia que o trem não andaria. Afinal,  a impressão é de que sempre forças políticas obscuras acabam trabalhando contra o bem-estar da população. Em alguns dias, semanas ou meses, uma  carreta carregará os vagões para outra cidade. Enquanto isso, a população ficará com o amargo gosto de quem recebeu um ovo de páscoa e, antes mesmo de abrir o embrulho, ele acabou levado para outra criança. Vamos esperar, portanto, que o trem vá, mas não leve consigo a esperança de que Macaé tenha, enfim, um transporte coletivo que seja motivo de orgulho para a população. Estamos de olho!

Vivo morto, morto vivo...

Parece até aquela nostálgica brincadeira infantil. Mas não é disso que estamos falando. Vivo é uma operadora de telefonia móvel. Morto é o estado de seu sinal. Aliás, não somente desta, mas de todas as empresas do ramo em localidades pobres de Macaé. Nas últimas semanas, o Expresso Regional tem percorrido vários bairros macaense, fazendo um “raio x” de suas maiores dificuldades. E, além dos problemas urbanos rotineiros em Macaé (saneamento, segurança, mobilidade urbana) uma questão tem sido levantada quase unanimemente pela população: as telecomunicações. Por exemplo, na última semana estivemos no bairro Virgem Santa, que nem é tão remoto assim (está pertinho do Novo Hospital). Na localidade a população reclama, sobretudo, da falta de acesso à internet. Os provedores locais (Velox e Viacabo) ainda não instalaram suas redes lá. Acesso, só se for pela telefonia móvel 3 G de operadoras como a Vivo, Claro e Tim. No entanto, todos sabem como é instável o sinal móvel de internet na cidade de Macaé. Portanto, diante de tanta instabilidade o sinal, inclusive da Vivo, está morto.

A ditadura do Cabral e a farsa do vandalismo

Recordar é viver. E parece que a imprensa carioca, maior aliada do governador Cabral não tem memória. Então vamos lembrar os repórteres da capital, que insistem em chamar manifestante de vândalo, de um fato da história recente do estado. Na edição de 6 de junho de 2011, portanto há pouco mais de dois anos, o Expresso trouxe uma matéria especial sobre uma verdadeira violência contra os bombeiros. Naquela fatídica semana, nossos heróis do fogo protestavam por melhores salários e condições de trabalho. No calor das manifestações, oficiais e praças dos bombeiros resolveram ocupar o Quartel Central da corporação como forma de protesto. Crianças e mulheres estavam no local acompanhando o ato. Mas, atendendo a uma ordem direta do governador, homens do Batalhão de Choque e do BOPE ignoraram a presença de crianças e mulheres, invadiram o quartel e desceram a pancada em todo mundo — teve até tiro de fuzil. Diversos bombeiros foram presos e espancados. Muitos foram expulsos. Enquanto isso, Cabral foi na televisão chamar os bombeiros de “vândalos e covardes”.

Share

Related Articles

0 Comments

No Comments Yet!

There are no comments at the moment, do you want to add one?

Write a comment

Write a Comment

Your email address will not be published.
Required fields are marked *

Publicidade

Publicidade

CURTA NO FACEBOOK

'