Weather United States of America, Seattle United States of America, Seattle +6°C

Jornal Expresso Regional Online

Condutores de ambulância querem valer seus direitos

Condutores de ambulância querem valer seus direitos

Condutores de ambulância querem valer seus direitos
September 29
15:44 2015

Representantes do Sindicato dos Motoristas Condutores de Ambulância do Estado do Rio de Janeiro, SIMCAERJ, estiveram em Macaé durante a última semana para pedir o apoio da Câmara dos Vereadores em relação ao reconhecimento da profissão de condutor de ambulância no município. No dia 20 de junho deste ano, a presidente Dilma Rousseff já havia sancionado a Lei nº 12.998 que torna o Condutor de Ambulância uma categoria diferenciada das dos demais motoristas, em âmbito nacional, e que atribuiu à categoria a Classificação Brasileira de Ocupações, CBO, 7823-20 o que legitima a profissão.


“Queremos que aprovem o Dia do Condutor aqui em Macaé, e posteriormente a data entre para o calendário oficial da cidade”, explica Solimar Silva, diretor do SIMCAERJ. A causa tem apoio da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Fipe, Ministério do Trabalho e Emprego, MTE, e do Fundo de Amparo ao Trabalhador, FAT, que ajudaram a construir o CBO da categoria. Apesar do fortalecimento da causa, a categoria não tem conseguido manter diálogo com o poder público municipal. “O prefeito Dr. Aluízio não nos recebe. Nós estamos na luta pelo reconhecimento a nível municipal. Não queremos brigar por salário, mas por qualificação dos profissionais”, afirma Solimar.


Entre as reivindicações do SIMCAERJ estão o reconhecimento do condutor de ambulância como um profissional da área de saúde, e a profissionalização dos trabalhadores através da criação do Instituto Onofre Santo Agostini, ligado ao sindicato, que seria responsável pela capacitação através de aulas práticas, teóricas, princípios básicos de saúde, e primeiros-socorros. “Temos 95 municípios sem estrutura para capacitar esses profissionais. Precisamos de capacitação, pois transportamos vidas, e vidas que naquele momento estão fragilizadas. Em alguns casos, chegamos a ajudar na operação de equipamentos que valem milhões em uma U.T.I móvel”, disse o diretor do SIMCARJ. Segundo a resolução 168 do Conselho Nacional de Trânsito, CONTRAN, o curso de especialização para os condutores de ambulância é obrigatório no país.


Para Solimar, a capacitação e reconhecimento dos mais de 35 mil motoristas de ambulância, só no estado do Rio de Janeiro, vai melhorar a qualidade do atendimento prestado, além de garantir direitos até então negados à categoria. Atualmente, o Dia do Motorista de Ambulância é comemorado em 10 de outubro no país.

 

 6 - 1

Share

Related Articles

0 Comments

No Comments Yet!

There are no comments at the moment, do you want to add one?

Write a comment

Write a Comment

Your email address will not be published.
Required fields are marked *

Publicidade

Publicidade

CURTA NO FACEBOOK

'