Weather United States of America, New York United States of America, New York +5°C

Jornal Expresso Regional Online

Duas cidades, um problema e um milhão de desculpas

Duas cidades, um problema e um milhão de desculpas

Duas cidades, um problema e um milhão de desculpas
November 13
12:34 2015

Duas cidades, um problema e nenhum prefeito para resolver. O Canal de Medeiros, que corta os municípios de Rio das Ostras e Casimiro de Abreu, é um verdadeiro criadouro de mosquitos, além de depósito de lixo e lugar de proliferação de gigogas. A má condição de conservação tem trazido diversos problemas para os moradores que moram no entorno do canal. “Aqui tem cachorro podre e muita sujeira. O rapaz da saúde pública veio aqui três vezes, falou que ia mandar tirar os pneus que se acumulam aqui nas margens, mas não tiraram até hoje” relata a aposentada Eurides Gomes dos Santos, que recentemente esteve internada devido a problemas de saúde e continua a sofrer com o mau cheiro que invade diariamente a sua residência.


Segundo dona Eurides, o prefeito de Rio das Ostras, Alcebíades Sabino, que teve como uma das promessas de campanha canalizar o Canal Medeiros, não demonstrou interesse em resolver a situação de negligência sanitária ao qual os moradores estão submetidos. “Estive com Sabino e fiquei até aborrecida já com ele. Falei com ele para ele ter cuidado com isso aqui, e sabe o que ele respondeu para mim? ‘Depois a gente vai ver esse negócio, tem muita coisa para eu tratar’”. O encontro de dona Eurides com Sabino aconteceu em agosto deste ano, e até o momento nenhuma medida foi tomada.


Durante um discurso de campanha, realizado em 2012, Sabino prometeu a revitalização do canal. “Grave agora que eu vou repetir e eu quero que vocês me cobrem: Sabino e Gelson vão canalizar o Canal de Medeiros. Gravem e cobrem isto. Esta é uma promessa, um compromisso”. O vídeo no qual Sabino faz a promessa que nunca cumpriu está disponível na plataforma Youtube sob o título “sabino promete canalizar canal de medeiro”.

Em relação à dragagem, dona Eurides, que mora em frente ao canal, revela que já faz pelo menos dois anos que não é realizada. “Faz tempo, só aqui em frente ao canal eu moro há um ano, e não foi feito nada” e completa “eu não estou aguentando, estou até pensando em ir para o Rio de Janeiro, já estive muito doente por causa desse canal”.


Mas os problemas na Região do Palmital não se restringem ao Canal de Medeiros. Na Estrada Velha Rio Dourado, que corta o canal, ainda na divisa entre Rio das Ostras e Casimiro, há um jogo de empurra-empurra entre as duas gestões municipais em relação à revitalização da via. “Depois que começaram a fazer a obra da ponte [que passa pro cima do Canal Medeiros], ficou essa bagunça aqui. Quando tem chuva é muita lama, e no verão a gente tem que jogar água devido a poeira”, reclama Fabiana Silva, que no momento em que a equipe de reportagem do Expresso Regional estava na rua, jogava água com uma mangueira para tentar amenizar a situação. “Meu filho tem bronquite asmática, e com essa poeira ataca mais ainda”.


Segundo Fabiana, o dono da loja de material de construção que funciona na Estrada Velha Rio Dourado já fez diversas reclamações mas nada é resolvido. “Ele já colocou na internet, na TV, mas ninguém resolve nada. Falam que está em processo, e fica um prefeito jogando para cima do outro”.


Paula Rangel, proprietária de uma lanchonete na Estrada Velha, também se sente prejudicada. “Tenho que levar aqui três vezes por dia. Fica tudo muito empoeirado. O gasto com água é maior que os demais gastos com o espaço aqui. Desse meu lado da rua é Casimiro de Abreu, do lado de lá é Rio das Ostras, então um joga para o outro e ninguém resolve”.

PNEU

Share

Related Articles

0 Comments

No Comments Yet!

There are no comments at the moment, do you want to add one?

Write a comment

Write a Comment

Your email address will not be published.
Required fields are marked *

Publicidade

Publicidade

CURTA NO FACEBOOK

'