Weather United States of America, Ashburn United States of America, Ashburn +5°C

Jornal Expresso Regional Online

Equipe da Fiscalização realiza choque de ordem em Rio das Ostras

Equipe da Fiscalização realiza choque de ordem em Rio das Ostras

Equipe da Fiscalização realiza choque de ordem em Rio das Ostras
February 01
13:15 2017

A Prefeitura de Rio das Ostras está trabalhando para organizar a cidade para moradores e turistas. Depois de notificar todos os quiosques das orlas e reposicionar os profissionais da Renda Alternativa no início do mês de janeiro, na última sexta-feira, dia 27, a Coordenadoria Municipal de Fiscalização e Licenciamento – Comfis voltou às ruas para fiscalizar.

 Na ação de choque de ordem a Comfis contou com o apoio do Grupamento de Operações Especiais da Guarda Municipal, que acompanhou o trabalho que começou no Centro da Cidade e se estendeu até a Praia da Tartaruga e a orla de Costazul. 

Segundo a equipe da Comfis os permissionários dos quiosques estão colaborando e cumprindo as determinações de ocupar somente 50% da faixa de areia com mesas e cadeiras para clientes e usando apenas som ambiente. Os trabalhadores da Renda Alternativa também estão mantendo as novas localizações e, com isso, facilitando a ação de fiscalização.

 Os fiscais também estão aproveitando o trabalho para iniciar o recadastramento da Renda Alternativa, que é feito regularmente de seis em seis meses. Outro trabalho importante que está sendo feito pela Comfis é a atuação nos eventos da cidade. “Todos os eventos realizados na cidade terão a supervisão da Coordenação de Fiscalização”, afirmou o assistente Cosme Uedson.

As ações de choque de ordem continuarão durante toda a alta temporada e em todos os eventos, sempre com o apoio da Guarda Municipal.  

Interdição – O trabalho de fiscalização da Comfis também está sendo feito em toda cidade. Depois de uma denúncia feita através do Fale Conosco da Prefeitura Municipal, a equipe interditou uma fábrica de sacolés que funcionava no Centro da Cidade sem nenhum tipo de autorização. Os produtos tinham procedência duvidosa e eram fabricados sem qualquer higiene. Os fiscais descartaram os produtos, apreenderam o material utilizado para embalar, recolheram os carrinhos que vendiam os sacolés, e interditaram a fábrica clandestina. Os fiscais descartaram os produtos, apreenderam o material utilizado para embalar, recolheram os carrinhos que vendiam os sacolés, e interditaram a fábrica clandestina.

Share

Related Articles

0 Comments

No Comments Yet!

There are no comments at the moment, do you want to add one?

Write a comment

Write a Comment

Your email address will not be published.
Required fields are marked *

Publicidade

Publicidade

CURTA NO FACEBOOK

'