Weather United States of America, Seattle United States of America, Seattle +8°C

Jornal Expresso Regional Online

Macaense se destaca entre escritores da nova geração

Macaense se destaca entre escritores da nova geração

Macaense se destaca entre escritores da nova geração
July 22
13:41 2015

“Macaé: capital nacional do petróleo”. Difícil lembrar-se da cidade de pouco mais de 220 mil habitantes e não relacioná-la ao petróleo. Mas, para além do ouro negro, o município tem outros atributos a serem desvendados, como os talentos literários. Há em Macaé uma diversificada cena literária local, movimentada por eventos como a Ciranda Literária de Macaé (CLIM) que este ano está na terceira edição, e acontece entre os dias 6 e 9 de agosto, na Praia de Cavaleiros, ou mesmo o grupo Coro das Cigarras, que se reúne mensalmente para tomar chá, e apresentar os trabalhos poéticos dos participantes e convidados.


Entre os entusiastas macaenses da literatura, está a jovem talento Mariúcha Corrêa, de 34 anos. Formada em Pedagogia, Mariúcha é funcionária pública, e dá aulas na escola municipal Neiva Mariano, mas a verdadeira paixão da pedagoga é a poesia.
Em 1987, aos sete anos, Mariúcha participou de um concurso de poesia para as crianças das escolas de ensino infantil de Macaé, e ganhou. Desde então, a jovem não parou mais de escrever. Há pouco mais de três anos, a poetisa Laurita Moreira, fundadora do grupo Coro das Cigarras, conheceu a obra da jovem macaense, e ficou interessada em fazê-la participar do grupo. Infelizmente não houve tempo para o convite: logo após a descoberta das obras de Mariúcha, Laurita faleceu. Mas antes disso, Laurita havia citado no grupo o talento que acabava de descobrir, o que foi suficiente para que outras integrantes entrassem em contato com Mariúcha.


Em 2013, Mariúcha Corrêa publicou o primeiro livro, intitulado “Joanie, a Joaninha”. A obra é uma parceria com ninguém menos do que Cecília Silva, a filha da escritora que na época estava com seis anos. O nome da menina, aliás, não foi uma escolha aleatória, e sim uma homenagem àquela que Mariúcha considera a sua grande inspiração: a escritora Cecília Meireles. “Quando eu era criança passou um livreiro na minha rua, e meu avô viu uma coleção de livros da Cecília Meireles, comprou e me deu de presente.

Desde então não parei mais de ler”, disse a escritora. O avô de Mariúcha, que incentivou na neta o gosto pela literatura, é o tema do próximo livro que está em fase de pesquisa. “Meu avô era ferroviário [Sebastião Corrêa da Silva], e meu próximo livro será sobre ele. O título vai ser Ferrovia Viva: Uma Vida, Muitas Histórias”, anunciou. Além da biografia do avô, a poetisa tem um projeto infantil em curso, “As Duas Marias”, que pretende lançar de maneira independente. As duas obras, a biografia do avô e o livro infantil, devem ser lançadas até o final do ano. A macaense diz que tem planos de lançar pelo menos dois livros por ano.

Minha Reza Infame

Share

Related Articles

0 Comments

No Comments Yet!

There are no comments at the moment, do you want to add one?

Write a comment

Write a Comment

Your email address will not be published.
Required fields are marked *

Publicidade

Publicidade

CURTA NO FACEBOOK

'