Weather United States of America, Seattle United States of America, Seattle +1°C

Jornal Expresso Regional Online

MP apura morte de jovem em Rio das Ostras

MP apura morte de jovem em Rio das Ostras

MP apura morte de  jovem em Rio das Ostras
May 18
13:52 2015

O Ministério Público Estadual instaurou inquérito civil para apurar a responsabilidade da Prefeitura de Rio das Ostras na morte do estudante Érick Santos Lima. O jovem, que na época tinha 15 anos, morreu eletrocutado em abril de 2014 ao encostar-se a um poste da prefeitura. Desde então, seu pai Evaldo Cavalcanti tem travado uma luta inglória por Justiça. Mas, durante todo este período nem um pedido sequer de desculpas recebeu das autoridades responsáveis pela morte de seu filho. A esperança agora é que o judiciário pelo menos puna os responsáveis pelo acidente. E que outros jovens, desavisados não tenham o mesmo destino de Erick. A investigação está registrada sobre o número MPRJ 2014.00892254.


A morte do jovem, aconteceu no dia 11 de março de 2014, sob as circunstâncias mais improváveis. Evaldo Cavalcanti levou o filho, Erick Santos de Lima, à praia e o deixou jogando futebol com três amigos, no centro da cidade. Erick foi buscar a bola que caiu perto da pracinha, quando se apoiou em um poste, recebeu uma descarga elétrica e morreu. Segundo Evaldo, um dos colegas de Erick tentou retirá-lo do poste quando percebeu que ele estava “agarrado”.


No momento do acidente, Erick estava descalço. “É impossível alguém estar brincando na praia calçado. Só tenho uma coisa a dizer: Meu filho foi assassinado”, disse o pai revoltado. Evaldo buscou a ajuda de um advogado para resolver questões burocráticas, como laudo, boletim de ocorrência e testemunhas. Segundo ele, a prefeitura empurra a culpa da morte para a Ampla – que devolve a culpa para a prefeitura.


No dia 8 de abril, a equipe de reportagem do Expresso Regional foi até a residência de Seu Evaldo Cavalcanti conversar sobre o caso. Em meio a camisetas com a foto do filho — confeccionadas para serem usadas em uma missa em sua homenagem — Evaldo falou da frustração com a Justiça que, até então, não havia buscado os responsáveis pelo caso. “Sei que nada disso vai trazer meu filho de volta. Mas, em memória de Erick, exigimos justiça. Este não foi o primeiro caso de morte por choque elétrico em Rio das Ostras e, certamente, não será o último a menos que a Prefeitura não faça nada”, disse.


Atualmente dois processos correm na Justiça sobre o caso, ambos movido pelo pai da vítima: um na 2ª Vara Cível e outra na Vara Criminal. Ambos pedem que os responsáveis pela morte sejam responsabilizados e punidos com o rigor da lei. Porém, até hoje, a Justiça se mantém inerte sobre o caso. Enquanto os processos não forem julgados, portanto, a sensação da perda para o pai só será aumentada. “A impunidade é como uma ferida aberta. Precisamos encerrar este capítulo”, disse o pai.

 Evaldo Cavalcanti afirma que seu filho foi vítima da negligência da Prefeitura de Rio das Ostras

Evaldo Cavalcanti afirma que seu filho foi vítima da negligência da Prefeitura de Rio das Ostras

Share

Related Articles

0 Comments

No Comments Yet!

There are no comments at the moment, do you want to add one?

Write a comment

Write a Comment

Your email address will not be published.
Required fields are marked *

Publicidade

Publicidade

CURTA NO FACEBOOK

'