Vereadora desacata médica e arma circo em plena emergência hospitalar

Por Jornal Expresso 04/12/2017 - 10:31 hs

A vereadora Alexandra Moreira foi protagonista, na noite do último sábado de uma cena lamentável. Aproveitando o fato de que a filha de uma assessora de seu gabinete foi se consular na emergência do Hospital Mariana Maria de Jesus, de Quissamã, a vereadora se dirigiu até o local para acusar a médica Érika Alves Coimbra Lhermitte de negligência. Isso, tão somente pelo fato de a médica ter atendido a jovem sem passar a mesma pela classificação de risco (onde uma enfermeira afere a pressão e pesa os pacientes). Se valendo do poder como vereadora – e do fato de a mãe da jovem ser sua funcionária – a vereadora voltou ao hospital com duas “testemunhas” para tirar satisfação com a médica, desacatando um servidor público e ignorando o fato de que a prioridade de um médico de emergência é atender os pacientes e não dar satisfação a um vereador.

 

Munida de sua testemunha (que na verdade é sua assessora) e sua filha menor de idade, a vereadora foi até a Delegacia de Quissamã prestar queixa contra a profissional médica. Por outro lado, Dr. Érika também registrou um boletim de ocorrência contra a vereadora.