Weather United States of America, Seattle United States of America, Seattle +8°C

Jornal Expresso Regional Online

Omissão das autoridades pode ter provocado morte de jovem

 Breaking News

Omissão das autoridades pode ter provocado morte de jovem

Omissão das autoridades pode ter provocado morte de jovem
April 22
11:52 2014

Na última semana, a morte de um menino de 15 anos chocou a população de Rio das Ostras (RJ). O comerciante Evaldo Cavalcanti levou o filho, Erick Santos de Lima, à praia e o deixou jogando futebol com três amigos, no centro da cidade. Erick foi buscar a bola que caiu perto da pracinha, quando se apoiou em um poste, recebeu uma descarga elétrica e morreu eletrocutado.
Segundo Evaldo, um dos colegas de Erick tentou retirá-lo do poste quando percebeu que ele estava agarrado. Mas, o amigo também começou a receber choque. No momento do acidente, ele estava descalço. “É impossível alguém estar brincando na praia calçado. Meu filho era um garoto super educado, gentil, me ajudava no comércio, fazia pagamentos, ajudava nas entregas. Só tenho uma coisa a dizer: Meu filho foi assassinado”, disse o pai revoltado.

Evaldo buscou a ajuda de um advogado para resolver questões burocráticas, como laudo, boletim de ocorrência e testemunhas. Segundo ele, a prefeitura empurra a culpa da morte para a Ampla – que devolve a culpa para a prefeitura. Evaldo ficou com as lembranças do bom filho e com a filha de 25 anos, que mora no Rio de Janeiro.

Após o incidente, a Ampla começou a fazer manutenção nos postes de Rio das Ostras. De acordo com testemunhas, vários turistas já haviam tomado choque no mesmo poste, mas, foi precisar pagar a incompetência com a vida de um inocente para haver reparos. “Espero que justiça seja feita. Este incidente poderia ter acontecido com qualquer pessoa, qualquer turista. É revoltante”, concluiu o pai.

Pelo Facebook, foram inúmeras as manifestações de revolta e carinho ao menino. A irmã de Erick, Karoline Santos, convidava os amigos para ir à manifestação realizada sábado. “A gente quer justiça à morte dele não pode ficar impune”. Uma das amigas de Erick escreveu um depoimento emotivo na página dele, no Facebook. “Eu não sei como isso exatamente aconteceu, não consigo me conformar ainda. É horrível pensar em perder um amigo como você, dessa maneira. É assim que a gente vê, que só dá valor depois que perde. Você sempre esteve do meu lado quando eu precisei, sempre esteve a minha procura, aparecia sempre nos momentos certos, sempre me ajudou mesmo sem eu pedir. As circunstâncias tirou sua presença daqui. Sua alegria era tão radiante, que fazia todos em sua volta, ficarem felizes também. Obrigada Erick, por tudo!! Descanse em paz amigo. Estará sempre em nossas lembranças e de Jeová também.”.

Outro depoimento contundente foi da amiga Carolina Henriques. “É lamentável tanta beleza em Rio das Ostras que se diz ser uma cidade turística e chegar ao ponto de deixar acontecer essa tragédia! Um amigo que queria apenas ter seu momento de lazer e não imaginava que o descaso estava grande com a população riostrense, e que infelizmente sirva de exemplo para as autoridades e os demais envolvidos para que isso não torne a acontecer com mais ninguém! Os pais não perderam um filho e sim a vida! O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem.Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis”.

Share

Related Articles

0 Comments

No Comments Yet!

There are no comments at the moment, do you want to add one?

Write a comment

Write a Comment

Your email address will not be published.
Required fields are marked *

Publicidade

Publicidade

CURTA NO FACEBOOK

'