Weather United States of America, Seattle United States of America, Seattle +1°C

Jornal Expresso Regional Online

Prefeito de Rio das Ostras recebe guardas e Sindicato para discutir paralisação

Prefeito de Rio das Ostras recebe guardas e Sindicato para discutir paralisação

September 17
09:13 2013
Administração Municipal propõe permanência da escala de 24h por 96h até 1o de outubro (foto: Gabriel Salles)

Administração Municipal propõe permanência da escala de 24h por 96h até 1o de outubro (foto: Gabriel Salles)

 

Uma comissão da Guarda Municipal de Rio das Ostras e representantes do Sindicato dos Servidores de Rio das Ostras – Sindserv-RO foram recebidos no início da tarde desta segunda-feira, 16, no gabinete, pelo prefeito Sabino, vice-prefeito, Gelson Apicelo, secretário de Segurança, Paulo César Viana, e os subsecretários Walmir de Paula e Eric Alves. A reunião teve o objetivo buscar o consenso e o fim da paralisação da categoria que começou nesta manhã.  

A Administração Municipal sugeriu a permanência da escala de trabalho de 24h por 96h, até o próximo dia 1º de outubro. A partir dessa data, os servidores voltam a atuar na escala normal, de 24h por 72h. A gestão também está aberta a contrapropostas, desde que não haja prejuízos à qualidade do serviço prestado à população.

Sabino ressaltou que a Administração Pública não rompeu o acordo de alteração da escala, conforme foi dito por alguns servidores. A mudança do período de trabalho de 24h X 72h para 24h X 96h foi proposta em caráter experimental e se mostrou inviável, uma vez que a Secretaria foi obrigada a fechar alguns postos da GM, prejudicando a população.

O chefe do executivo lembrou que os servidores têm um compromisso com o bem coletivo e garantiu que os direitos dos trabalhadores serão garantidos e respeitados de acordo com a lei.

Os agentes reivindicam aprovação pela Câmara Municipal de uma escala de trabalho fixa, melhores condições de trabalho, equipamentos de seguranças, criação de centro de treinamento, implantação de Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – Cipa.

SOLUÇÕES - Para resolver o problema de infraestrutura de alguns postos, a Prefeitura estuda alugar novos imóveis para acomodar melhor os guardas. Quanto à solicitação do Centro de Treinamento da Guarda Municipal, a Gestão Municipal ficou responsável pela elaboração de um projeto para o espaço. O prefeito adiantou que, em um mês, serão oferecidos cursos de qualificação para os Guardas, nos quais, será garantido o pagamento de hora extra para os participantes.

POLICIA MILITAR -  Visando garantir a segurança, a Prefeitura de Rio das Ostras solicitou ao comandante do 32o Batalhão da Polícia Militar, Coronel Ramiro Campos, um apoio da PM neste momento de paralisação.  A Polícia fará um esquema especial de patrulhamento na cidade, envolvendo um reforço de 26 homens. O Coronel ressaltou que o policiamento diário será mantido. O reforço policial estará atuando principalmente  na rodovia RJ 106,  que corta o município, nas unidades de saúde e nas principais escolas.

ASSEMBLEIA- Em uma assembleia entre os guardas e representantes do Sindsever/RO os servidores decidiram pela manutenção da paralisação. A proposta inicial do movimento é suspender as atividades por 72 horas. Com a paralisação dos guardas, os serviços de ronda escolar, controle do trânsito e a proteção dos próprios públicos estão prejudicados. Somente 30% do efetivo está atuando, conforme prevê a Lei.

 

Tags
Share

Related Articles

0 Comments

No Comments Yet!

There are no comments at the moment, do you want to add one?

Write a comment

Write a Comment

Your email address will not be published.
Required fields are marked *

Publicidade

Publicidade

CURTA NO FACEBOOK

'