Weather United States of America, Seattle United States of America, Seattle +1°C

Jornal Expresso Regional Online

Procon dá dicas para você não cair no golpe da “Black Fraude”

Procon dá dicas para você não cair no golpe da “Black Fraude”

Procon dá dicas para você não cair no golpe da “Black Fraude”
November 24
07:44 2015

O Black Friday, que acontece nesta sexta-feira (27), já se tornou uma das datas mais esperadas por consumidores e comerciantes de todo o Brasil. A oportunidade de adquirir os mais variados tipos de produtos com até 80% de desconto, principalmente nas lojas online, faz com que muitas pessoas se organizem e juntem dinheiro por meses para aproveitar as ofertas. Porém, é preciso estar atento para evitar ser enganado por propagandas falsas. “É importante que antes de comprar, o consumidor faça pesquisas, verifique a idoneidade da empresa e se certifique de que o site é de confiança”, aconselha o secretário do Procon Macaé, Carlos Fioretti.

Para quem pretende efetuar compras pela internet, a orientação do Procon Macaé é que os consumidores identifiquem os lojistas com o selo de qualidade “Black Friday Legal”, criado pela organizadora do evento Camara-e.net, em parceria com o Busca Descontos. Esse selo é dado a lojistas que realmente se comprometeram a dar descontos reais nos produtos. O secretário do Procon Macaé explica, ainda, que é preciso verificar a segurança do site e da rede ao efetuar compras pela internet. Além disso, é importante pesquisar a credibilidade das empresas nos sites de reputação e junto aos Procons.

Outra orientação é que todo site deve exibir o CNPJ da empresa ou o CPF da pessoa responsável, além de informar o endereço físico onde a loja possa ser encontrada ou endereço eletrônico. “É recomendável que o consumidor somente efetue compras em sites confiáveis. Para verificar a segurança da página, ele deve clicar num símbolo de cadeado que aparece no canto da barra de endereço ou no rodapé da tela”, explica Fioretti. O endereço da loja virtual deve começar com https://. Computadores de acesso público não devem ser usados para comércio eletrônico ou internet banking.
O fato de a compra ser feita em uma liquidação ou promoção não elimina os direitos do consumidor.

Share

Related Articles

0 Comments

No Comments Yet!

There are no comments at the moment, do you want to add one?

Write a comment

Write a Comment

Your email address will not be published.
Required fields are marked *

Publicidade

Publicidade

CURTA NO FACEBOOK

'