Weather United States of America, Seattle United States of America, Seattle +6°C

Jornal Expresso Regional Online

PSB de Eduardo Campos confirma aliança com Marina Silva para 2014

PSB de Eduardo Campos confirma aliança com Marina Silva para 2014

PSB de Eduardo Campos confirma aliança com Marina Silva para 2014
October 05
14:19 2013

 Partido Socialista Brasileiro (PSB) confirmou neste sábado a aliança com  a Rede Sustentabilidade, da ex-senadora Marina Silva, que teve o pedido de registro negado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na quinta-feira. Em nota, o PSB afirma que o partido e a “Rede Sustentabilidade anunciam a formação de coligação política e eleitoral para as eleições de 2014”.

O presidente Nacional do PSB, governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e a ex-senadora Marina Silva, uma das fundadoras da Rede, agendaram uma entrevista coletiva para a tarde deste sábado, na qual serão divulgados os detalhes da aliança. Marina poderá se candidatar ao Planalto, assumir a posição de Vice de Eduardo Campos ou apenas apoiar o partido do governador. 

A expectativa, porém, é de que a ex-senadora anuncie sua filiação ao PSB. Dessa forma, Campos e Marina formariam a principal chapa eleitoral de oposição à presidente Dilma Rousseff nas eleições do ano que vem. A estratégia é montar uma “aliança programática” com o PPS, presidido pelo deputado federal Roberto Freire, e a estrutura ainda não oficializada da Rede Sustentabilidade.

 As negociações de Marina com Campos e Freire se estreitaram na noite de ontem, após a ex-senadora convocar uma coletiva à imprensa para dizer que ainda não havia chegado a uma decisão sobre seu futuro político. Em sua fala, no entanto, Marina já dava sinais de que gostaria de uma solução que quebrasse com a polaridade vista nas últimas eleições entre PT e PSDB.

 O acordo costurado ao longo da madrugada contou com o apoio dos senadores Pedro Simon e Jarbas Vasconcelos, ambos do PMDB, mas ligados a Marina. A ex-senadora ficou reunida com seus apoiadores até as 4h da manhã. Pela manhã, Marina se reuniu com Freire e comunicou sua estratégia. A conversa com Campos, que chegou a Brasília na manhã de hoje, deve ocorrer no início da tarde.

 Nas conversas ficou decidido que, num primeiro momento, não se falará sobre a candidatura à presidência da República, permanecendo tanto Campos quanto Marina na condição de pré-candidatos. A definição será dada mais adiante, provavelmente de acordo com a posição de cada um nas pesquisas de opinião. No momento, Marina Silva está em segundo nas sondagens para a eleição do ano que vem, com índices que variam de 25% a 16%, enquanto o governador de Pernambuco está em quarto lugar com cerca de 5% dos votos. 

Tags
Share

Related Articles

0 Comments

No Comments Yet!

There are no comments at the moment, do you want to add one?

Write a comment

Write a Comment

Your email address will not be published.
Required fields are marked *

Publicidade

Publicidade

CURTA NO FACEBOOK

'