Weather United States of America, Seattle United States of America, Seattle +6°C

Jornal Expresso Regional Online

Troca-troca de prefeitos transforma Macabu em piada regional

Troca-troca de prefeitos transforma Macabu em piada regional

Troca-troca de prefeitos transforma Macabu em piada regional
November 26
10:12 2013

Após uma sucessão de trapalhadas judiciais, Conceição de Macabu virou motivo de piada na região. Isso porque, em pouco mais de 24 horas, a cidade teve dois prefeitos, duas cerimônias de posse e duas “festas da vitória”. Após o Tribunal Regional Eleitoral Eleitoral (TRE) ter cassado o seu mandato por abuso de poder econômico nas últimas eleições, a prefeita Tedi, através de seus advogados, iniciou uma verdadeira maratona jurídica atrás de uma liminar para evitar a posse do adversário Cláudio Linhares no poder. No entanto, mesmo com todos os esforços, Cláudio conseguiu assumir o cargo na noite de quinta-feira. Porém, no dia posterior, às 23 horas, a prefeita cassada conseguiu reaver o cargo por força da tão esperada liminar judicial.

A novela da cassação de Tedi começou justamente no dia 19, quando o Tribunal Eleitoral, por unanimidade de votos, entendeu que a prefeita praticou abuso de poder econômico ao contratar funcionários para a prefeitura em período vetado pela Justiça. Na decisão, os seis desembargadores determinaram a posse imediata de Cláudio Linhares. Portanto, como na quarta-feira (20) foi feriado, a posse de Linhares foi marcada apenas para quinta-feira às 10 horas. Porém, a Juíza Eleitoral da comarca não estava presente ao expediente para diplomar o segundo colocado.

Enquanto não se sabia se Cláudio iria ou não ser diplomado, advogados de Tedi faziam pressão no fórum para postergar a posse de qualquer maneira. Já nas redes sociais e em vários cantos da cidade, simpatizantes da prefeita comemoravam o fato de “ela já ter conseguido a liminar”. Por mais estranho que fosse, todos já sabiam que no outro dia, a tão esperada decisão chegaria. No entanto, apesar de todas as pressões contrárias, uma juíza foi deslocada do município de Quissamã para proceder a diplomação de Cláudio Linhares, que assumiu o cargo por volta das 20 horas de quinta.

Porém, mesmo após a posse de Linhares, o grupo de Tedi mostrava-se confiante de que a justiça, mais uma vez seria generosa com a prefeita. E foi. Na noite de sexta-feira a tão esperada liminar chegou e Tedi reassumiu o cargo às 23 horas. Se, para o candidato da oposição assumir demorou quase 48 horas, a prefeita conseguiu a mesma façanha em menos de duas horas após a liminar ser proferida pelo TRE. Um tempo recorde. “Graças a Deus e ao povo, estou reconquistando este cargo. Agradeço a todos que oraram por mim”, agradeceu Tedi, em entrevista à Rádio Popular Fluminense, na manhã de sábado, atribuindo a vitória aos “poderes divinos”.

A rainha da liminar — realmente Tedi tem sido, conforme ela mesmo declarou, uma pessoa abençoada. Afinal, nunca antes na história um prefeito conseguiu tantas liminares em seu próprio benefício. Em seu primeiro mandato, a prefeita enfrentou uma CEI (Comissão Especial de Inquérito) na Câmara acusando-a de improbidade na compra de três toneladas de carne para abastecer o hospital municipal durante um mês. Não deu em nada. Uma liminar judicial não permitiu que a CEI, sequer concluísse seus trabalhos.

Mês passado, a prefeita enfrentou outro processo de cassação na Câmara Municipal sob o argumento de não prestar esclarecimentos sobre contratos à Câmara Municipal. A Lei Orgânica Municipal determina que, em casos como este, se recomende a cassação da prefeita. No entanto, a sessão que decidiria a cassação da prefeita foi interrompida por um oficial de justiça: a prefeita conseguiu outra liminar.

Agora, os advogados de Cláudio Linhares tentarão cassar a liminar que recolocou a prefeita no cargo no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Além desta ação, tramita ainda contra a prefeita três outros processos pedindo a sua cassação. No entanto, ainda não se sabe qual será o desfecho desta novela que se tornou a política macabuense. Afinal, enquanto há liminar, há esperança.
[Da redação]

Share

Related Articles

1 Comment

  1. Anonymous
    Anonymous November 26, 23:31

    Safadezas

Write a Comment

Your email address will not be published.
Required fields are marked *

Publicidade

Publicidade

CURTA NO FACEBOOK

'