Weather United States of America, Seattle United States of America, Seattle +1°C

Jornal Expresso Regional Online

Vereadora de Cambuci pode ser funcionária fantasma em Rio das Ostras

Vereadora de Cambuci pode ser funcionária fantasma em Rio das Ostras

Vereadora de Cambuci pode ser funcionária fantasma em Rio das Ostras
July 06
16:08 2015

Leia Cristina Velasco Pinheiro é uma política conhecida no noroeste fluminense. Vereadora de mandato pelo PSC, ela foi uma das principais cabo-eleitorais do atual prefeito de Rio das Ostras, Alcebíades Sabino, quando ele foi candidato a deputado estadual. Agora, a vereadora cambuciense tornou-se conhecida também em Rio das Ostras. O motivo? A denúncia de que ela supostamente é funcionária fantasma no governo riostrense, coincidentemente administrado pelo correligionário político e membro do mesmo partido, Alcebíades Sabino. A suspeita foi levantada esta semana pelo vereador Deucimar Talon, no plenário da Câmara Municipal de Rio das Ostras.


Leila Cristina foi contratada para lecionar a 221 quilômetros da cidade onde mora e exerce mandato. Resta saber como faz para dar aulas e participar das sessões da Câmara, já que gastaria seis horas para ir e voltar. Localizado no Noroeste do estado do Rio de Janeiro, o município de Cambuci está a 105,88 quilômetros de distância de Rio das Ostras em linha reta e a 221 quilômetros por via rodoviária. Se essa viagem for feita de ônibus o passageiro vai gastar cerca de seis horas para ir e voltar, mas nada disso desencoraja a vereadora Leila Cristina Pinheiro Barcelos (PSC), de Cambuci, a exercer sua profissão em Rio das Ostras.


Ela assumiu cargo de professora nível I na rede municipal de ensino, contratada temporariamente pelo prefeito Alcebíades Sabino dos Santos (também do PSC), que poderia ter preenchido a vaga escolhendo uma das centenas de professoras residentes na cidade e aguardam o julgamento do processo no qual a anulação do concurso público realizado pela Prefeitura em 2012 é questionada. Diante da longa distância resta saber qual ocupação está sendo sacrificada, se a de professora ou o exercício do mandato parlamentar, o que o Ministério Público deverá esclarecer, buscando informações sobre a lotação da professora, horário de trabalho e turma a qual ela ensinava.


A contratação da vereadora — que foi eleita em 2012 com 428 votos — não representaria nenhuma irregularidade se o ponto de freqüência estiver em dia e seu comparecimento à escola for comprovado, com documentos assegurando a carga horária cumprida e o número de alunos que tiveram aulas com ela, com os diários de classe assinados. Do contrário tanto ela como o prefeito Alcebíades Sabino e a secretária municipal de Educação Andrea Machado Pereira de Carvalho poderão responder por improbidade administrativa, com os três sendo obrigados a devolver, solidariamente, o valor total pago a Leila Cristina como salário. Pelo outro lado, se a atividade profissional supostamente exercida em Rio das Ostras prejudicar o comparecimento dela às sessões da Câmara Municipal de Cambuci, Leila Cristina corre risco de perder o mandato.


Vereador sustenta suspeitas — Em pronunciamento acalorado, cujo vídeo foi compartilhado nas redes sociais, Deucimar afirma que percorreu diversas escolas da rede pública municipal, porém os funcionários sequer haviam ouvido falar da professora/vereadora Leila. “A contratação em Rio das Ostras é temporária e para a docência nos anos inicias do ensino fundamental. Mesmo que argumentem que ele está em trabalho interno na secretaria de Educação, das duas, uma: ou o município contratou a professora sem necessidade ou diversos alunos estão sendo prejudicados por sua falta e/ou atraso. Ambas as funções exigem grande dedicação. Uma das duas cidades está sendo lesada. Será que é a nossa, que está em crise?”,argumentou.
Por telefone, o Expresso Regional tentou entrar em contato com a assessoria do prefeito e da vereadora Leila Cristina. Porém, até o fechamento desta edição não obtivemos qualquer resposta.

ros

Share

Related Articles

0 Comments

No Comments Yet!

There are no comments at the moment, do you want to add one?

Write a comment

Write a Comment

Your email address will not be published.
Required fields are marked *

Publicidade

Publicidade

CURTA NO FACEBOOK

'