camara corona

Zanardi é transferido para hospital em condições estáveis

Por Redação em 21/11/2020 às 15:18:27

O italiano Alex Zanardi, ex-piloto de Fórmula 1 e vencedor de quatro medalhas de ouro paraolímpicas, foi transferido neste sábado do Hospital San Raffaele, em Milão, para Padova, em condições estáveis, para continuar sua recuperação após um grave acidente durante uma competição de ciclismo. "O hospital San Raffaele informa que hoje (sábado) Alex Zanardi foi transferido para o hospital de Padova. O paciente atingiu uma condição física e neurológica de estabilidade geral que permitiu a transferência para um centro médico que possui todas as especialidades clínicas necessárias e sua aproximação à família", informa o centro médico em comunicado enviado à Agência Efe.

Leia também

Galvão Bueno fala muita m****? Veja a resposta de Vampeta

Torcida bate meta de contas abertas e banco pagará R$ 1 milhão ao Corinthians

São Paulo pode virar líder do Brasileirão com três jogos a menos; saiba como

"O paciente, que chegou a San Raffaele em 24 de julho em condições de grave instabilidade neurológica, enfrentou primeiro um período de reanimação intensiva, depois a cirurgia para resolver as complicações causadas pelo trauma e depois a reconstrução da face e do crânio", acrescenta a nota. Zanardi participava do evento "Obiettivo Tricolore" em 19 de junho, quando perdeu o controle de seu triciclo manual e invadiu a outra pista da estrada. Ele bateu com a cabeça contra um caminhão que vinha na direção oposta. O ex-piloto foi levado de helicóptero ao hospital Le Scotte, em Siena, um dos mais prestigiados centros de saúde da Itália, onde foi submetido a uma delicada operação neurocirúrgica de três horas no mesmo dia. Depois disso, Zanardi passou por mais três operações e foi transferido no final de julho para o San Raffaele.

"Nos últimos dois meses, ele conseguiu iniciar um caminho de reabilitação física e cognitiva. Para Alex e sua família, todo o hospital deseja melhoras clínicas progressivas", encerra o comunicado do hospital de Milão. O italiano competiu na Fórmula 1 de 1991 a 1994 e em 1999. No intervalo entre as duas passagens pela categoria, foi bicampeão da Fórmula Indy, à qual retornou em 2000. No ano seguinte, sofreu um grave acidente que levou à amputação das duas pernas. Após a recuperação, passou a se dedicar ao paraciclismo, no qual é dono de seis medalhas paralímpicas, quatro de ouro e duas de prata.

*Com informações da EFE

Comentários